top of page
  • Foto do escritorBLOG Dr. GUILHERME RICCI

Como são diagnosticadas as dores no Quadril?


Começo do ano é sempre um bom momento para ver como está a sua saúde. Se você sente dores no quadril, saiba como o especialista em quadril diagnostica possíveis danos na região: histórico clínico do paciente, avaliação física e exames por imagem.


1 - O médico avaliará o histórico clínico questionando sobre o início das dores, quanto tempo está com dor, locais onde sente os impactos, se foi após algum trauma ou surgiu espontaneamente, se sente dificuldade para andar, agachar, além de analisar as dificuldades como sentar, amarrar sapatos, atividades simples do dia a dia, como subir ou descer degraus. Também perguntará sobre remédios que ingere para alívio das dores, se existem fatores de melhora ou piora, se houve traumatismos no passado, doenças na infância ou como está sendo tratada a doença que levou ao problema no quadril, entre outras questões de possível histórico genético familiar associadas às dores.


2 - Na análise física, o médico examinará a marcha, se há deformidades em volta do quadril, atrofias, além de testar a mobilidade do paciente, a capacidade de movimentar o quadril, a força e realizar testes especiais para determinadas afecções junto a sua articulação.


3 - Após isso, o especialista pedirá exames de imagem para comprovar o diagnóstico clínico. A dor no quadril pode estar relacionada a diversos fatores, desde problemas causados pelo envelhecimento da articulação do quadril, traumas, até o desenvolvimento de outras doenças em pacientes mais jovens e, por isso, é muito importante procurar um especialista para realizar o tratamento adequado.

Ao sentir dor no quadril, não espere a dor evoluir ou a mobilidade ficar comprometida. Quanto mais cedo forem diagnosticadas e tratadas as causas de dores no quadril, melhores serão as possibilidades de sucesso no tratamento.

Comments


bottom of page